Rap do Hisoka - Hunter x Hunter (Remake)







LETRA:

//
Vou matar, Sem dó pra te ver sofrer
Vou fazer, sangrar apenas por prazer
Caça, caça a presa, presa frágil, fácil eu não vou querer
Caço presas, preservo sua vida, pra quando crescer, mostrar o seu poder
//

Estranhamente do mau, deturbado, desconhecido
Seriamente tranquilho, com a mente inacessível
Busquei liberdade, pra caçar minhas presas, vivendo na intensidade, 
A morte caminha ao meu lado, e eu não abro mão de matar , por pura vontade

Na naturalidade, agindo sempre com classe

Escolho a dedo a caça pra usufruir o melhor do massacre
Viva para me satisfazer, fique forte e me entretenha
Cresça e adquira poder, pra nossa luta valer a pena

Egoismo isolado, interesse próprio pelo que preservo

Só oque me convém, não ligo pra ninguém, só pra aquilo que eu mais quero
Não preciso de emoções, pra atrapalhar os meus objetivos
Meu foco é lutar, usar e abusar, dos brinquedos enquanto ainda estão vivos

Tenho tudo nas mãos, toda situação, eu controlo o enredo do jogo

Manipulo a manipulação, sou o Joker das cartas, mais eu não sou bobo
As cordas já te amarraram, e a surpresa esta por vim
Eu sou mestre desse baralho, Alakazam esse é o seu fim!!

//
Vou matar, Sem dó pra te ver sofrer
Vou fazer, sangrar apenas por prazer
Caça, caça a presa, presa frágil, fácil eu não vou querer
Caço presas, preservo sua vida, pra quando crescer, mostrar o seu poder
//

Aura negra, insano, sombrio, no apetite de sangue, busca violência
Pode correr, mais não vai fugir de mim, eu serei a causa da sua decadência
Inocência do fruto, é ouro que busco pra alimentar as trevas do meu ser
Na escuridão, num inferno de dor e pavor, te ver gritar me da muito prazer

Masoquista de almas, assassino de felicidades

Infiltrando o ódio na veia da teia de toda cidade
Quero o melhor, pra mostrar meu pior, digno de uma luta, quem perde e quem ganha?
Mais se esse brinquedo não serve a causa, me broxa o interesse no rei das aranhas

Loucura, morte e mágica, escolha qual a sua carta, 

não falha nas atitudes, laminas que te retalha
Não para agora, fala, essa foi a minha sacada
Enganei a sua mente, tão rápido que não repara

Na cara, foi estampada, eu sou o gênio da parada

Manipulei toda a sala, enquanto você se mata
Eu jogo o jogo, louco é pouco, sangue escorre no seu rosto
Corto o braço, corto o torço, pra ver o circo pegar fogo

Como um jogo de xadrez, movo as peças a meu favor

Não estou do lado de ninguém, eu só quero o caos e impor o terror
Esse é meu horror, eu sou egoísta, autossuficiente
Pode correr e tentar escapar, mais plano é certeiro e entra na sua mente

//
Vou matar, Sem dó pra te ver sofrer
Vou fazer, sangrar apenas por prazer
Caça, caça a presa, presa frágil, fácil eu não vou querer
Caço presas, preservo sua vida, pra quando crescer, mostrar o seu poder

VOU MATAAAAAAR!
//








Obrigado por visitar nosso site! #VemPraRaplay